quinta-feira, 4 de junho de 2009

Lideranças Trocadas

Recentemente participei de uma palestra sobre comunicação e motivação. Os oradores foram apresentados com suas respectivas formações acadêmicas, o que pra variar, eram extensas e detalhadas. Depois de uma longa introdução, foi abordado como já esperado, o perfil do líder ideal. Não obstante, sobre a pertinente formação do líder e sua suposta evolução e desenvolvimento como tal. A grande maioria da platéia foi unânime em concordar que o líder não nasce pronto, mas é construído pela história de vida e esforço pessoal, e, que todos são substituíveis.

Resolvi então, pensar hermeneuticamente sobre a questão, e me encontrei distante do restante da palestra, uma vez que mergulhei em reflexões na bendita e santa palavra de Deus, analisando os líderes da Bíblia e seus feitos. Fiquei perplexo com meus próprios pensamentos, quando me deparei com alguns personagens. Já de início refleti sobre Moisés e fiquei tentando imaginar quem poderia substituí-lo naquela árdua tarefa, ao qual o próprio Deus o designou. Após algum tempo de reflexão e já rascunhando um provável artigo, pensei que os únicos nomes a substituí-lo seria Coré, ou Arão. Coré, porém, demonstrou não ter maturidade e amor pela missão, se rebelou e encontrou o soldo pelo seu comportamento. Já Arão, andou ao lado de Moisés e aprendeu com ele no período do êxodo, além do favorável fato, de ser irmão de Moisés. Sem dúvida seria um ótimo candidato, porém, durante a ausência de Moisés, por um curto período de quarenta dias, o acampamento de Israel virou um caos, Arão não teve a firmeza de Moisés, e os liderados caíram em opróbrio.

Considerei finalmente que não houve um líder a altura de Moisés, sua liderança foi inigualável. Tentei pensar em outros nomes, logo minha mente recrutava vários, entre eles Abraão, Davi e o apóstolo Paulo. Resolvi refletir sobre Paulo, sobre quem poderia substituir a sua liderança, Paulo teve audácia para enfrentar não apenas os inimigos do Evangelho de Jesus, mas também os amigos. Foi preciso reunir um concílio em Jerusalém com os demais apóstolos para confrontá-los com situações muito complicadas. Pedro, Tiago e João, o pelotão de elite dos apóstolos foram convencidos por Paulo sobre suas conclusões a respeito do evangelho de Jesus para os gentios. A visão do cristianismo esta sendo distorcida pela forte influência do judaísmo, e Paulo desenformou esta questão, o confronto com Pedro não deve ter sido nada fácil, sem dúvida, Paulo foi único.

Gostaria de dialeticar com meus leitores o seguinte pressuposto: Por que Pedro não foi escolhido para esta missão? Ou Tiago ou João? Estes homens sempre apontaram para as características de um grande líder e realmente foram. Jesus preferiu Paulo, sua liderança reunia características únicas que moldadas pelo poder do Espírito Santo, fez dele um homem ímpar.

Quase no final da palestra, cerca de duas horas, terminei meu esboço concluindo em minhas considerações o que agora compartilho com meus leitores: Há um tipo de liderança que é única, não é possível substituí-la. Todos poderão melhorar é verdade, mas jamais encontraremos outro Moisés, outro Abraão ou Davi. E é por este motivo que a epístola aos Hebreus declara que homens como estes, mesmo depois de mortos ainda falam. Creio que alguns de nós, também somos únicos. Deus seja louvado pela sua onisciência.

 

2 comentários:

  1. dr hermeneutica,tenho muito interesse em compreender as escrituras, gostei muito destes materiais, e aprendi muito, mas ainda tenho muita dificuldade em entender o sentido de alguns trechos dos livros do novo testamento, seria possivel postar alguns versiculos de sua escolha, usando é claro a hermeneutica? e como faço, para fazer o estudo historico de cada escritor?

    ResponderExcluir
  2. Dr, eu achei alguns trechos que fale sobre este assunto que perguntei logo acima,mas penso que o que a biblia fala dos fatos historicos de cada um, é muito pouco para fazer mos uma boa interpretação, me desculpe se eu estiver errada, mas a gente quer sempre saber mais, será que há algum livro com tamanha informação tão preciosa ?

    ResponderExcluir