domingo, 29 de novembro de 2009

Mantimento na Casa do Senhor - Será?

“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa..."


Entre os mais diversos textos sobre o dízimo que o AT nos traz, indubitavelmente o texto acima é o mais citado e flexionado. A hermenêutica deseja sempre abrir os olhos das pessoas para aquilo que a Bíblia realmente diz. Hoje se fala muito sobre este assunto, e não são poucas as divergências sobre o mesmo, mas, o que é mesmo que a Bíblia diz?

A segunda regra da hermenêutica dita que devemos analisar a palavra dentro da frase, e a palavra aqui é "mantimento". Ora, o que é mantimento? Comida, necessidades, tudo aquilo que é mister para manter um local ou qualquer outra coisa.

Dentro da visão das generosas ofertas que eram levadas aos pés dos apóstolos e o destino que estas ofertas tomavam, somado a declaração divina daquele que é santo, de que ele não habita em templos feitos por mãos humanas, esclarecido pelo fato de que igrejas são pessoas e não coisas, elucidado a elevar o grau maiêutico dentro da quinta regra da hermenêutica com suas respectivas fases, e, finalmente, retornando ao ponto de partida deste pensamento, creio que temos um problema não pequeno sobre o texto de Malaquias, referente a palavra "mantimento".

Andando pelos templos tudo que ouvimos é que o templo precisa comprar um terreno e construir um prédio próprio, quando não, é necessário renovar a aparelhagem de som, ou modernizar o templo, vamos pintá-lo e para isso é necessário arrecadar tanto e mais tanto. Gostaria apenas de ouvir uma resposta direta e objetiva: Por que?

Por que a construção de templos faraônicos são cada vez mais comum? Por que os atuais líderes querem um cartão postal para a cidade? Por que é necessário gastar tanto dinheiro com aquilo que é corruptível? Quando Jesus declarou que não se ajuntasse tesouros na terra, a finalidade é para que tudo fosse entregue aos templos para que se construísse mais uma sala? Estes templos gigantes não estão tão cheios! Por que querem aumentá-los?

Seria este o tipo de mantimento que o santo Espírito estaria revelando no texto do livro do profeta Malaquias que é necessário? Quando citei os apóstolos e analisando o contexto, a Bíblia diz que eles dividiam com cada um segundo as necessidades. Leia a Bíblia. Por que os atuais líderes religiosos estão cuidando tanto do templo, quando deveriam estar cuidando das necessidades básicas das pessoas? As pessoas (igrejas) estão morrendo, passando fome e sofrendo todo tipo de necessidade e o que esta sendo feito por elas? Distribuição de algumas cestas básicas, que são montadas com alimentos doados pelos próprios necessitados (o dinheiro do dízimo nunca é usado para este fim), uma espécie de consolo para consciência, um álibi diante da insensibilidade e descaso dos religiosos. Ao certo quando lerem este artigo, remeterão imediatamente o pensamento a uma outra denominação ou colega de ministério. Cegos, pobres e nus, miseráveis que no dia do juízo prestarão contas desta crueldade.

Estes templos que se tornaram verdadeiras empresas privadas estão sórdidos de ganância e acumulados de luxúria, seus administradores e sacerdotes são verdadeiros diabos e o seu culto é a mamom e não ao eterno e bendito Senhor Jesus. E que ninguém se engane ao ler este artigo, deduzindo que estou me referindo as igrejas de linhagem pentecostal, me refiro principalmente as históricas.

Nas palavras do então presidente em exercício Fernando Henrique Cardoso, "num país de pobres e miseráveis", como é possível tal frieza de coração? Deixo como resposta a reflexão de Jesus no evangelho de Mateus 24:12: "E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos". Que Deus nos ajude!

13 comentários:

  1. se todos tivessem os pensamentos de cristo, não teriamos tantos escandalos, sobre ganancia dessis assuntos. que pena são muitos os que se perde e cai no laço e énganam muitos. q cristo conciga abrir os olhos dos enganados a tempo. amem.

    ResponderExcluir
  2. concordo com o amigo anônimo.

    ResponderExcluir
  3. SEMPRE ME QUESTIONEI SOBRE A 2ª PARTE DESTE VERSICULO, NUNCA ESCUTEI NENHUM COMENTARIO OU PREGAÇÃO ACERCA DESTE COMENTARIO. COMO COMENTAR ALGO QUE NÃO É PRATICADO??? INFELIZMENTE TENHO QUE CONCORDAR COM ESTE ESTUDO,PLENAMENTE. PARABENS POR ESTE ESTUDO ESCLARECEDOR E ATUAL.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia! Eu li o estudo e concordo a 100% sobre o que li, há tantos escandalos por ai nas igrejas mais que nunca que parece que nao sabem o que fazem ao dinheiro santo qe os irmaos dão. Mas tem outro ponto. E por favor nao me enterpretem mal. Imaginem que voces vao a uma igreja qualquer, e está tanto calor la dentro que voces adormecem e estao desconfortaveis, não seria proveitoso para todos e para a casa de Deus investir em um sistema de ar condicionado? que por acaso custa algum dinheiro? imaginei que vao a uma igreja qualquer e por qualquer razao as pessoas nao se conseguem concentrar porque nao ouvem a voz do pastor ou ate mesmo a musica no louvor, nao seria proveitoso investir um equipamento de som para captar a atenção de todas as pessoas? Nao digo gastar todo as possibilidades da igreja so em coisas assim! Eu tambem acredito que as igrejas sao ricas o suficiente para nenhum irmao passar fome ou dificuldade(nao digo todas, mas a maior parte das igrejas). Nao podemos levar a bibia a letra porque naqele tempo nao havia necessidade talvez de equipar uma igreja com certos equipamentos porque tambem na altura havia tais coisas. O que eu verdadeiramente penso é que devemos ser mais parecidos com Deus a cada dia e ter um equilibrio obre o que é espiritual e sobre o que é material, porque eu posso ter muitas pessoas na minha igreja mas se eu nao tiver estrutura para segura-las nao ha um equilibrio. ISTO NAO DESCARTANDO A AREA ESPIRITUAL 100% MAIS IMPORTANTE! Abraço

    ResponderExcluir
  5. concordo 100%, isto é uma vergonha a biblia diz que é para uma coisa e eles usam para outra, uma pessoa devolve o dizimo durante anos mas quando precisa de uma sexta basica eles dizem assim na semana que vem nós vamos ver irmaõ:

    ResponderExcluir
  6. Olha meu querido, tenho uma direção um pouco diferente da sua. Respeito seu posicionamento. Mas a palavra mantimento, também quer dizer manutenção, manter algo, suster algo. Ora a igreja também precisa ser mantida com o dizimo meu colega... há despesas que vão além de ajuda aos pobres. Como: energia, água, locação, etc. Isto é manter. Ou será mantido como? Concordo que há muito exagero nas igrejas com relação ao dízimo principalmente nos grandes centros. Particularmente em igrejas em capitais e grandes centros o que não é a realidade de 60% de pequenas e pequenas igrejas espalhadas por diversas penas cidades onde o pastor na sua maioria está mal conseguindo manter as despesas básicas do próprio templo em regiões muito pobres inclusive
    passando até mesmo necessidades básicas (como passou o Apóstolo Paulo também) e exercendo o ministério por um sacerdócio e um chamado. Mas também generalizar que o dízimo deve ser usado apenas para ajuda aos pobres seria minimizar e ser utópico demais na verdadeira intenção do mandamento bíblico. Isso é no mínimo não conhecer a realidade e principalmente não saber qual era a necessidade de manutenção na época do mandamento e qual é a necessidade hj. Hj para se ter um lugar para se reunir os irmãos custa manter. Aliás meu querido se vc não sabe 60% das igrejas evangélicas no Brasil principalmente norte e nordeste não arrecadam mais do que R$ 2.000,00 de dízimos por mês, sabia? Por isso não seja simplista na explicação sob pena de se passar por desconhecido da realidade. Concordo que devemos ajudar os pobres. Todavia manter um local de reunião custa. Ademais ser assistencialista generalizado nem sempre é o padrão bíblico. É mais fácil colocar uma roupa nova no homem do que um homem novo na roupa meu querido. E homem novo na roupa é necessário templo, pastor, pregação, louvor, instrumentos, adoração, etc. etc. etc. Estou dando alguns exemplos não é que seja exigencia tudo isso. Mas em um mundo moderno precisamos usar o que de melhor que temos. Aliás Jesus usou o que tinha de melhor da sua época. Ademais, cuidado para não estar colocando fardos desnecessários nas costas de inúmeros pastores que estão seriamente fazendo a obra de DEUS muitas vezes a duras penas. Imagine o membro de uma dessas pequenas igrejas que mal conseguem pagar suas despeas e que estão espalhadas pelo Brasil lendo o seu texto simplista? Generalizar nem sempre é saudável. Detalhe; não sou PASTOR, e nem exerço qualquer função em uma igreja. Apenas sirvo a DEUS e advogo em várias regiões do norte e nordeste e estou dando uma outra opinião de quem vê também uma outra realidade. Grato. Rannibie Riccelli. e-mail: rannibie@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom texto!!! A maioria não sabe o que uma igreja passa para manter suas portas abertas... Só queremos cuidar de vidas.

      Excluir
  7. Olá Rannibie,

    Os contrapontos são essenciais e benvindos. Discordar é o início do crescimento. Convido o irmão a ler o meu artigo sobre o templo.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
  8. AMADOS A PAZ DO SR. O DIZIMO A BIBLIA É BEM CLARA QUE DIZ PARA FAZERMS PROVA DISSE O SR. PORTANTO NAO INPORTA P NÓS O QUE É FEITO PELOS OS PASTORES.POIS SABEMOS QUE O SR, FOI BEM CLARO QUANDO DISSE EM QUE O ROUBARIAMOS.E O RESTO É CONVERSA DO DIABO PARA NOS CONFUNDIR,E DE PESSOAS QUE QUEREM ACHAR LUGAR P NAO DIZIMAREM POR FAVOR NAO TORCEM A BIBLIA..LUIZCONFEITEIRO@HOTMAIL.COM PB.DA IGREJA ASEMBLEIA DE DEUS PENT.PRIMITIVA..EM CG MS

    ResponderExcluir
  9. Olá Anônimo graça e paz,

    Sim, os dízimos pertencem ao Senhor, disseste bem: "Ao Senhor". Portanto, dizer que não importa o que os pastores fazem com o dinheiro?! Como assim não importa? Sabendo de maneira empírica que estão roubando o dinheiro que seria para o Senhor, o irmão seria cumprisse?... Se ladrões roubassem sua casa, permitiria que continuassem roubando mesmo sabendo quem comete o delito? Creio que não amado irmão.

    Desejo esclarecimento e paz ao seu coração,

    ResponderExcluir
  10. Na verdade a palavra de Deus diz que todos somos templo e morada do espirito santo, e também que devemos amar uns aos outros, será que ao inv-es de entregar o dizimo nas mãos de quem depena as ovelhas para beneficio próprio (não estou generalizando), não seria melhor usar esse dinheiro para nós mesmos ajudarmos uns aos outros? sou leigo no assunto.

    ResponderExcluir
  11. Primeiro se come para depois trabalhar, como muitos irmão irão trabalhar com a barriga vazia eu mesmo não consigo vc consegui, concordo mantimento é alimentação.

    ResponderExcluir