quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Redescubra


Estou redescobrindo alguns prazeres cotidianos: andar de bicicleta, sentir o vento no rosto, caminhar de mãos dadas, chorar, sofrer em oração, mas, tenho sorrido pouco. Sorrir mesmo sabe, sem preconceito, gargalhar alto e chorar de tanto rir, e que olhem feio... E daí?!

Estou redescobrindo que minhas preocupações não mudam nada. O dia continua tendo 24 horas, e nas palavras de Galileu “a terra ainda gira”, coisas continuam dando erradas e algumas têm dado certo. Enfim, nada mudou porque estou preocupado.

Quando chego em casa meu cão (Lutero), vem correndo ao meu encontro e depois de uma recepção calorosa quer brincar. Todo dia aprendo uma coisa nova com Lutero. Entendi que o importante é estar ao lado de quem você ama; os amigos, a família, o trabalho, o enamorar... Enfim...  Dedicar-se ao máximo, e, o resto dá-se um jeito. Não obstante, a Bíblia relata a importância de cuidar bem dos animais.
Deus é mesmo bom, porque não nos deixa saber tudo. Todo dia descobrimos como erramos no dia anterior, e isso é maravilhoso. Se sabendo isso já somos arrogantes, já imaginou se tudo nos fosse revelado?!

Gosto de pensar nos ensinamentos de Jesus, gosto também de buscar na memória homens comuns que considero sensacionais como humanos. Dá-me vontade de tomar mais um cappuccino e esboçar um leve sorriso. Creio que nos detalhes encontramos o Criador, e verdade é que isso basta. Gosto quando medito sobre a simplicidade da Santa e Bendita Palavra do Senhor, me ajuda nos meus erros, embora parafraseando Davi “estão sempre diante de mim”.

È bom se deleitar em eclesiastes e confirmar em momentos de introspecção que “tudo é vaidade”. Alguns quando me encontram me chamam de pastor, outros pelo carinho de rabi, alguns mais ortodoxos de doutor, mas, eu gosto mesmo quando me chamam de Val. É quem de fato sou e estou. Deus me livre de almejar algo além. A Ele toda glória e honra para sempre!

sábado, 10 de setembro de 2011

O Obreiro Aprovado


*II Tm 4.1 Conjuro-te diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, pela sua vinda e pelo seu reino;
2 prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino.
3 Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos,
4 e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas.
5 Tu, porém, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério.

O Obreiro Aprovado é Chamado por Deus

*Gl 1.1 Paulo, apóstolo (não da parte dos homens, nem por intermédio de homem algum, mas sim por Jesus Cristo, e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos),

O Obreiro Aprovado Segue Orientações de Deus

*Gl 1.15 Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça,
16 revelar seu Filho em mim, para que eu o pregasse entre os gentios, não consultei carne e sangue,
17 nem subi a Jerusalém para estar com os que já antes de mim eram apóstolos, mas parti para a Arábia, e voltei outra vez a Damasco.

O Obreiro Aprovado não se Cala Perante o “dono” da Igreja

*III Jo 9 Escrevi alguma coisa à igreja; mas Diótrefes, que gosta de ter entre eles a primazia, não nos recebe.
10 Pelo que, se eu aí for, trarei à memória as obras que ele faz, proferindo contra nós palavras maliciosas; e, não contente com isto, ele não somente deixa de receber os irmãos, mas aos que os querem receber ele proíbe de o fazerem e ainda os exclui da igreja.

O Obreiro Aprovado não Negocia o seu Ministério

*Gl 1. 8 Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema.
9 Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.
10 Pois busco eu agora o favor dos homens, ou o favor de Deus? ou procuro agradar aos homens? se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.
11 Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens;
12 porque não o recebi de homem algum, nem me foi ensinado; mas o recebi por revelação de Jesus Cristo.
 
O Obreiro Aprovado não se Deixa Levar

*I Tm 5. 22 A ninguém imponhas precipitadamente as mãos, nem participes dos pecados alheios; conserva-te a ti mesmo puro. 

O Obreiro Aprovado Reconhece a Graça de Deus

*I Tm 1. 12 Dou graças àquele que me fortaleceu, a Cristo Jesus nosso Senhor, porque me julgou fiel, pondo-me no seu ministério,
13 ainda que outrora eu era blasfemador, perseguidor, e injuriador; mas alcancei misericórdia, porque o fiz por ignorância, na incredulidade;
14 e a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e o amor que há em Cristo Jesus.

O Obreiro Aprovado Acata o Mandado de Deus

*I Tm 1.1 Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e de Cristo Jesus, esperança nossa.

O Obreiro Aprovado é Escolhido por Deus

*At 9. 15 Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome perante os gentios, e os reis, e os filhos de Israel;
*Rm 1.1 Paulo, servo de Jesus Cristo, chamado para ser apóstolo, separado para o evangelho de Deus,
*Mc 3. 13 Depois subiu ao monte, e chamou a si os que ele mesmo queria; e vieram a ele.
14 Então designou doze para que estivessem com ele, e os mandasse a pregar;

O Obreiro Aprovado Busca a Capacidade de Deus

*II Co 3. 4 E é por Cristo que temos tal confiança em Deus;
5 não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus,
6 o qual também nos capacitou para sermos ministros dum novo pacto, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica.

O Obreiro Aprovado é Ungido por Deus

*II Co 1. 21 Mas aquele que nos confirma convosco em Cristo, e nos ungiu, é Deus, 

O Obreiro Aprovado é Obediente

*Rm 1. 5 pelo qual recebemos a graça e o apostolado, por amor do seu nome, para a obediência da fé entre todos os gentios,
6 entre os quais sois também vós chamados para serdes de Jesus Cristo.